Sabor e Saber | Hemetério Gurgel

COLUNA SABOR E SABER - 21 E 22 DE MARÇO DE 2015

Dicas

Como usar os condimentos

Louro - Aromatizante e estimulante do apetite, uso no feijão, sopas e frutos do mar. Usa-se como símbolo de Glória.
Noz-moscada -Fruta aromática encontrada em regiões da América e da Ásia. Seu uso pode ser tanto para receitas doces, coquetéis, bolos e biscoitos entre outros, como para salgadas, carnes, molhos etc.
Cominho - Semente amarela amarronzada, de sabor amargo e forte. Serve para preparar carne, peixe, legumes, ovos e queijos. Ingrediente básico na cozinha nordestina e libanesa.
Cravo - Planta originária do arquipélago das Molucas. Usado nas caldas de frutas, doces à base de coco e abóbora, no quentão e vinho quente. No pão de mel, biscoitos e bolos use-o em pó.
Curry - Mistura de condimentos indianos, encontrado em forma de pó ou pasta na cor amarelo-esverdeada. Usado para dar sabor a carnes ,porco, frango, cordeiro, peixes, arroz e batatas.
Orégano - Tradicionalmente utilizado para aromatizar pizzas. Muito bom em receitas com berinjela, azeitonas pretas e em temperos de queijos para aperitivos.

 

26 Março 2015
Curiosidades Gastronômicas

Por que o brigadeiro tem esse nome?

Nem todo mundo sabe, mas “brigadeiro” é o nome dado a uma patente da aeronáutica. De acordo com o livro Histórias, Lendas e Curiosidades sobre a Gastronomia, em 1945, o brigadeiro Eduardo Gomes (1896-1981), da União Democrática Nacional, disputava a presidência do país com o marechal Eurico Gaspar Dutra (1883-1974), do Partido Social Democrata, protegido do então presidente Getúlio Vargas. Eduardo era um homem alto e charmoso, e nunca se casou, tanto que o slogan de sua campanha era: “Vote no brigadeiro, que é bonito e é solteiro”. Pensando nisso, as mulheres que o apoiavam resolveram criar um docinho para arrecadar fundos para a campanha. Misturaram leite condensado com chocolate em pó e criaram o “docinho do brigadeiro”. O doce fez sucesso, mas Gomes perdeu a eleição ao receber apenas 35% dos votos.

26 Março 2015
Receita da Semana

RICOTA CASEIRA

 INGREDIENTES:
-01L de leite
-04 colheres (sopa) de vinagre branco
-04 colheres (sopa) de água filtrada
-06 colheres (sopa) de leite em pó desnatado

MODO DE PREPARO:
-Ferver o leite e quando ele subir desligar o fogo;
-adicionar no leite a água, vinagre e o leite em pó;
-mexer bem;
-passar filme e deixar coagular por cerca de 6 horas;
-temperar com sal a gosto;
-despejar a mistura em uma peneira fina e retirar o soro que se formou;
- colocar a ricota já pronta em um recipiente fechado e levar para conservar na geladeira;

DICA DA CHEF:
Se desejar pode temperá-la com ervas secas e frescas a gosto e coloque um fio de azeite para servir com pães e torradas.....fica delicioso!!!

26 Março 2015
Fast Food

BRUM ASSUME A PRESIDÊNCIA ASPERN

Quinta, 19/03, às 20h, no Auditório da Procuradoria Geral do Estado, assumiu a presidência da Associação dos Procuradores do Estado do Rio Grande do Norte - Aspern - o Procurador Nivaldo Brum Vilar Saldanha, para o biênio 2015/2017. Em seu discurso destacou a importância do papel dos advogados públicos realçando: Nós devemos ir além da nossa atuação, participando efetivamente da elaboração das políticas públicas do RN. Fotos :Gov. Robinson -Proc. Nivaldo Brum


diretoria da Aspern

Diretoria da Associação dos Procuradores do Estado/RN - ASPERN, composta pelos Procuradores a seguir: Dr. Nivaldo Brum (Presidente), Dra. Rosali Dias (Vice-Presidente), Ana Carolina Monte Procópio de Araújo, José Duarte Santana e Jansênio Alves de Oliveira, Suplentes da Diretoria: Antenor Roberto Soares de Medeiros e Raimundo Nonato de Lima, Conselho Fiscal: Arthúnio da Silva Maux, Francisco de Sales Matos e José Adalberto Targino, Suplente do Conselho Fiscal: Luís Marcelo Cavalcanti de Sousa e Paulo Lopo Saraiva.


Governador do Estado

A posse do procurador Brum foi prestigiada com a presença do governador Robinson que em discurso disse que os procuradores teriam todo o reconhecimento em seu governo, acrescentado que era uma grande alegria falar em tão importante ocasião para os integrantes da PGE; e que os procuradores são parceiros do povo potiguar, são parceiros do Governo do RN. Que a nova diretoria podia contar com o seu apoio, pois à categoria e à associação ele considerava fundamentais para o sucesso de sua  gestão a frente do Governo Estadual.


PRESENTES

A solenidade contou com a participação de várias autoridades, entre elas, o Procurador Geral do Estado, Dr. Francisco Wilkie Rebouças, que fez questão de declarar em sua fala o apoio irrestrito que tem tido do governo para a boa atuação da Procuradoria. 
Presentes ainda: Vice-Governador Fábio Dantas; o Presidente da Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape), Marcello Terto, o presidente do Tribunal de Justiça do RN, o desembargador Cláudio Santos, o senador Garibaldi Alves Filho, deputado estadual Fernando Mineiro e secretários do Estado, membros do MPE e MPETC, advogados, juízes e membros do mundo jurídico potiguar. A coluna parabeniza o presidente procurador Brum Vilar, desejando-lhe muitos êxitos.
 

EMANA SANTA NA PIPA

A Semana Santa na badaladíssima Praia de Pipa este ano será o maior acontecimento do Estado. Graças a Casa de Shows Ânima Pipa serão 3 dias de folia e grandes espetaáculos. A Programação é a seguinte:
Quinta, 02/04, abre com A Cachorrada do Mad Dogs (CE), música eletrônica diferente de tudo; House Music, Hip Hop e Traps alucinantes, em uma performance explosiva completando o line: Kevin Luke (PB) e E - Double (PE);Sexta- 03/Abril: SHARK ATTACK do Dj Shark (RJ). Loucura com House, Hip Hop, Funk, bonés, luminosos e tubarões de pelúcia! E mais os projetos Sax In The House e Royal. No sábado -04/Abril-Rodrigo Sha (RJ), vem para fechar a programação é considerado hoje o melhor instrumentista de música eletrônica do Brasil. Fez uma revolução no Réveillon de Noronha.
E ainda os DJs Flavio Álvares (RN) e Antonni Bokki (Espanha). Toda a programação sempre começará as 23h59 e se encerrará as 7h da manhã.
Para os gourmets tambem é uma bela oportunidade para fazer um rolé nos excelentes restaurantes de Pipa. Você escolhe o que quer comer e vai degustar bem.


OLHOS DOS DONOS

Sempre elogiamos aqui o serviço e os pratos servidos no Restaurante AGARICUS, situado no Pólo Gastronômico de Petrópolis.
Acontece que ultimamente começamos a receber e mails e telefonemas com reclamações sobre o AGARICUS. Dai resolvemos ir até lá.
Escolhemos o dia de domingo. O restaurante estava quase lotado. Ficamos numa mesa logo na entrada. Realmente constatamos tudo o que nos reclamaram: serviço ruim e a comida sem aquele toque maravilhoso que tanto elogiávamos. Havia falta de garçons e o que, por exemplo, nos serviu, notava-se logo, que não tinha a menor capacitação para um restaurante top que é o que sempre se propôs o Agaricus. A comida foi lamentável. Sem gosto e até mal apresentada.
A Falta de garçons era tanto que parece que estávamos num buteco em que o garçon carrega uma ruma de pratos em cada mão. Pedimos a presença do Maitre ou gerente do salão. Veio falar conosco uma senhora. Fizemos as nossas observações.
E olhem: quem ia saindo passava em nossa mesa e reclamava de tudo, lamentavelmente. Mas, o que notamos de mesmo: é que ali estava faltando os olhos dos donos.
Pois os conheço e sei que entendem da área e muito bem.
Aqui não vai uma crítica, mas uma colaboração aos senhores restaurauters, para que tomem as medidas cabíveis, pois os potiguares sempre os prestigiaram com a presença constante. E a gastronomia do RN precisa dos conhecimentos deles para continuarmos líderes em culinária no Nordeste brasileiro.

26 Março 2015
Conversa de Restaurante

O USO DA DELAÇÃO PREMIADA

Rest. Mangai - E vejam que foi no café da manhã. Eram uns cinco cidadãos, davam a impressão de serem da área jurídica pela veemência com que faziam as afirmações.

cautela e caldo de galinha - Não faz mau a ninguém. Um deles, calvo, disse: amigos sempre tenho dito que em caso de delação premiada deve-se ter excessivas cautelas. É realmente um instituto importante para facilitar, diminuir o tempo e poder de fogo contra os acusados pelo delator e emfim esclarecer o crime.
Todavia também é uma arma terrível contra a honra e a dignidade das pessoas, quando o delator usa maldosamente para acusar pessoas honradas, e o MP não mantiver sigilio até a comprovação dos fatos e o reconhecimento ou recebimento da presumível denúncia pelo juiz, que o analisará cuidadosamente.
Mas, o que tem ocorrido aqui no RN é que um cafajeste qualquer chega, usa do Instituto da Delação, para nominar pessoas de bem, só para que os inquiridores, que adoram as luzes dos flashes ou os holofotes da TV, possam aparecer com o maior destaque.
Podemos citar de plano o caso da prisão de um humilde funcionário do BB, no caso dos precatórios, operado, covalecente, nome estampado em toda a imprensa, para depois se chegar a conclusão que ele nada tinha com o caso. Sofre ele e ficará marcado por toda vida, sofreu sua família, seus amigos, seus colegas. E daí? A quem se deve cobrar pela leviandade? É silêncio. Nem um pedido de desculpas recebeu até hoje.


Um novo caso: Sinal Fechado

O MP aceitou o que lhe disse o indivíduo George Anderson Olímpio da Silveira, criador da implantação aqui no RN, da tal Inspeção Veicular. Já vinha funcionando, ele com sua firma, formando uma quadrilha com Cartório, Detran e cobrando o registro de cada contrato de financiamento de veículo. Lógico que a Inspeção Veicular seria muito melhor.
Descoberta a tramóia, foi armado um escândalo envolvendo um mundão de gente. O negócio, o Veicular, não chegou nem a funcionar.
Teve uma Lei aprovada pelo Poder Legislativo, sancionada pelo governador da época. Mas... logo que o outro Governo, o de Rosalba - assumiu, vetou a Lei, demitiu o Diretor do Detran. Muitas prisões.


As acusações, sem cautelas na apuração

O idealizador e comandatário de toda a criação da Inspeção Veicular, George Olímpio, tratou logo de acusar uma série de gente importante para tentar amenizar a sua delinquência. Mas os fatos foram surgindo e as acusações caindo uma por uma. Parou tudo por decisão judiciária que desqualificou as gravações ao arrepio da Lei feitas pelo MP.


Agora a delação é aceita e divulgada

A vontade incontida de aparecer na imprensa, mais uma vez, fez o MP aceitar, desta feita, a proposta de George Olímpio, de se beneficiar de uma Delação Premiada.
Surgiram notícias que vi até em blogs, disse o tal cidadão, que o MP teria prometido até a liberdade dele (George).
Esse então deitou e rolou desta feita.


O caso do deputado Ezequiel

 Ora amigos, vejam que absurdo! O MP acreditou que um só deputado conseguiu o apoio de todos os outros 23 colegas, mas o apoio do Colégio de Líderes - para dispensar o Projeto de ir as Comissões Técnicas- Presidente da Assembleia colocar em pauta. Dados da delação premiada conforme o MP divulgou das maliciosas palavras desse George. Que Ezequiel pediu 500 mil, depois deixou por 300 mil. Eram 500 mil pois ele teria de dar uma parte ao presidente da Assembleia para colocar o Projeto em pauta de votação. O pagamento teria sido feito em dois cheques em torno de 150 mil sacados em tal data na agência do BB. Pronto. Era a verdade dele, aceita sem a devida cautela de apuração.


A verdade começa a aflorar

Feita a denúncia, antes do magistrado examinar, foi vazado tudo para a imprensa. Ora, nomes como Ezequiel, José Agripino, Robinson Faria etc... é materia de primeiríssima. Será que era mesmo a verdade? Esse George falou a verdade?Ainda vamos... ver...


Fala o Banco do Brasil

Na denúncia contra o deputado Ezequiel, hoje, presidente do Poder Legislativo, o MP já inocentava o presidente na época, o atual governador Robinson. Mas, mantinha contra Ezequiel. Vem agora o BB e diz que nunca disse que o indivíduo George havia feito retiradas naqueles valores, naquelas datas, anunciadas pelo MP. Mesmo porque o que o MP lhe solicitou não fora nada sobre isso. Complementa a defesa de Ezequiel ela apresenta documentalmente destruindo as infâmias assacadas contra ele por esse indivíduo George e acreditado pelo MP.


A defesa, vamos aguardar o magistrado

 O presidente Ezequiel Ferreira fez uma defesa robusta em que mostra a maldade do tal George. Todos presentes na mesa acharam que foi mais uma precipitação, pelo menos no devido sigilio, num caso que atinge frontalmente a honra de qualquer homem público ou mesmo qualquer cidadão comum. Gente, temos de dar um basta nestes tipos de acusações. Vejam o exemplo do Juiz no caso da Petrobras. Sigilo até a comprovação dos fatos. Vejam o Ministro do STF, sigilo até que os fatos sejam reapurados, para quebrar então o sigilo. Assim é que se deve proceder. Cadeia para os ladrões. Mas não podemos aceitar acusações ou a Delação Premiada, como uso maldoso ou aceita pelo desejo de ser manchete de jornais. Aguardemos o Magistrado. Esse é um direito e um dever que cada cidadão tem neste País. Pelo menos cautela em delaçao premiada em réu confesso. Que mais uma vez sirva de lição.


Os excessos

Uma outra pessoa daquela mesa, concluiu. No Congresso, por esses excessos, já estão manobrando para dar uma maior resposabilidade, inclusive penal, ao MP que acusa por acusar. A medida já atingiu um grau insuportável. Concluiu. Temos é de nos solidarizar com Ezequiel, pois sabemos que desde seu pai que foi deputado inúmeros mandatos, ocupou inúmeros cargos importantíssimos aqui no RN e no Governo Federal, e nunca houve nem acusação sobre sua conduta de homem público, e eu...

26 Março 2015